Aprendizado ativo versus passivo

Publicado em
4/9/2020
|
ūüďĖ
8
minutos de tempo de leitura
‚ĚóAten√ß√£o. Este artigo foi traduzido por um robozinho muito √ļtil. ‚Ěó

Não está satisfeito com a tradução? A versão em inglês está aqui.
Alastair Budge
Escrito por
Alastair Budge

Já imaginou qual é a diferença entre o aprendizado de idiomas passivo e ativo?

Talvez você tenha ouvido falar de vocabulário passivo x ativo, que é semelhante, mas não é o mesmo.

Vocabulário passivo é o vocabulário que você pode entender se encontrar, mas não pode se reproduzir. Ele vive em algum lugar no fundo do seu cérebro, mas, a menos que você o ouça, não consegue se lembrar da palavra. Você não pode usá-lo em sua própria conversa.

Vocabulário ativo é o vocabulário que você pode reproduzir. Se você quer dizer a palavra em inglês, pode reproduzi-la.

Mas o que significam passivo e ativo no contexto da aprendizagem de um idioma? E por que e quando você deve se esforçar para se tornar um aluno 'ativo'?

Neste artigo, abordaremos:

  • O que significam aprendizado 'ativo' e 'passivo'?
  • Quais s√£o alguns exemplos de aprendizagem 'passiva' e 'ativa'?
  • Devo fazer atividades de 'aprendizado passivo'?
  • Devo executar v√°rias tarefas ao aprender ingl√™s?
  • √Č poss√≠vel aprender ingl√™s apenas 'absorvendo' isso?
  • Os beb√™s n√£o absorvem apenas a linguagem?

O que significam aprendizado 'ativo' e 'passivo'?

OK, para começar, vamos começar com o aprendizado de idiomas 'passivo'.

O aprendizado passivo de idiomas √© o aprendizado de idiomas em que voc√™ est√° recebendo conte√ļdo, algu√©m est√° produzindo e seu c√©rebro est√° apenas absorvendo, deixando a informa√ß√£o fluir sobre voc√™.

Mas é aí que reside o problema.

Se você está apenas sentado, esperando para absorver essa informação, quanto está realmente sendo retido pelo seu cérebro? Bem, a resposta é 'não muito'.

Bartosz, do Universo da Mem√≥ria, define passivo, no contexto do aprendizado de idiomas, como significando ' voc√™ n√£o se envolve com as informa√ß√Ķes que recebe '.

N√≥s at√© damos um passo adiante e dizemos que, mesmo que voc√™ esteja envolvido em um n√≠vel com algumas das informa√ß√Ķes, muitas delas simplesmente n√£o s√£o processadas pelo seu c√©rebro, muito menos envolvidas com elas.

Tenho certeza de que você assistiu a um filme em inglês e se viu apenas 'perdendo' partes porque não está se concentrando.

Alguns exemplos de aprendizado passivo seriam:

  • Assistindo a um filme no Netflix / YouTube
  • Ouvir um podcast enquanto lava a lou√ßa
  • Folheando Duolingo ou Babbel
  • Participando de um 'grupo de conversa√ß√£o em ingl√™s' no Messenger ou WhatsApp
  • Apenas 'estar' em um pa√≠s de l√≠ngua inglesa sem realmente se envolver com pessoas
usando netflix para aprender inglês
Esta senhora não está no trem rápido para a terra da fluência

Embora você não pense, você também pode adicionar algumas atividades de 'fala' como um exemplo de aprendizado passivo.

O tipo de fala que √© 'passiva' √© quando voc√™ realmente n√£o pensa criticamente sobre o que diz e n√£o faz um esfor√ßo ativo para usar novos termos, vocabul√°rio, express√Ķes ou modificar sua pron√ļncia para garantir que voc√™ est√£o pronunciando palavras da maneira correta.

Você pode chamar isso de "preguiça de falar".

Existem tantos alunos de ingl√™s que falam 'passivamente' (sim, √© poss√≠vel), e o resultado √© que, por mais que falem ingl√™s em suas vidas di√°rias, eles cometem os mesmos erros, t√™m a mesma pron√ļncia ruim e realmente n√£o fazem o progresso que eles querem.

A chave aqui é que eles estão falando sem criticar a si mesmos - sem ouvir seus erros, sem tentar corrigi-los, e o resultado é que eles continuam cometendo os mesmos erros repetidamente.

Então isso é aprendizado passivo.

Mas e a aprendizagem ativa?

A aprendizagem ativa é o oposto completo da aprendizagem passiva. Isso significa que você está assumindo o controle do seu aprendizado de idiomas e, em vez de esperar que seu inglês melhore através da absorção, você está assumindo o controle de seu próprio destino e forçando ativamente seu cérebro a se engajar.

Embora anatomicamente seu c√©rebro possa n√£o ser um m√ļsculo, voc√™ precisa flexion√°-lo, fazer o trabalho que o ajudar√° a reter as novas palavras, frases e estruturas gramaticais encontradas.

Exemplos de aprendizado ativo incluem:

  • Leitura em ingl√™s ( e pesquisando ativamente palavras e frases que voc√™ n√£o conhece )
  • Ouvir podcasts em ingl√™s ( e fazer coisas como transcri√ß√£o, sombreamento e geralmente seguindo o tipo de dicas que estabelecemos aqui )
  • Escrever em ingl√™s ( e n√£o, conversar no WhatsApp ou no Facebook com outros n√£o-nativos n√£o conta )
  • Criando seus pr√≥prios flashcards de vocabul√°rio e livros de vocabul√°rio ( n√£o apenas usando pr√©-fabricados n√£o contextuais )
  • Falando em ingl√™s ( e tentando usar todas as suas novas express√Ķes )
  • Ouvindo falantes nativos em conversas ( e ouvindo com muito cuidado exatamente como eles usam certas express√Ķes )

Embora o aprendizado passivo de idiomas seja o tipo de coisa que se sente quente, aconchegante e familiar, o aprendizado ativo costuma parecer difícil e cansativo.

aprendizado de idiomas ativo
O aprendizado ativo parece difícil

√Č claro que √© mais divertido sentar em um sof√° com uma x√≠cara de chocolate quente e colocar um filme em ingl√™s com legendas em vez de ouvir um podcast e transcrev√™-lo e depois conversar com um falante nativo.

Mas com o primeiro você está fazendo seu cérebro executar relativamente pouco trabalho e, com o segundo, seu cérebro está sobrecarregado.

Sem entrar na neurociência por trás disso, as memórias são formadas de maneira mais eficaz quando você força seu cérebro a fazer alguma coisa.

Quando voc√™ escreve algo, processa ativamente as informa√ß√Ķes, ao contr√°rio de quando voc√™ as deixa flutuar sobre voc√™. Voc√™ est√° envolvido com o que ouviu, o que significa que √© muito mais prov√°vel que se lembre disso.

Não se envolver com algo novo, por outro lado, significa que é muito menos provável que você realmente consiga se lembrar disso.

O aprendizado ativo é o tipo de coisa que você faz por 30 minutos e depois se sente exausto. Boa! Continue nisso!

Se é cansativo e parece um trabalho árduo, isso é um sinal de que você está realmente se esforçando, e é aí que o aprendizado está realmente acontecendo.

O aprendizado passivo, por outro lado, é o tipo de aprendizado que você pode fazer por um longo período de tempo. Provavelmente é divertido ou agradável, e você não sente que foi realmente 'trabalho'.

E é aí que você sabe que não aprendeu muito durante esse período.

Pensar novamente como o c√©rebro como um m√ļsculo, se voc√™ imaginar passar 30 minutos fazendo um treino cansativo na academia, √© um excelente exerc√≠cio, mas deixa voc√™ muito cansado.

Por outro lado, fazer um passeio suave por 30 minutos não o cansará, mas não fará muito para a sua forma física.

√Č uma loucura pensar no seu idioma aprendendo de maneira diferente.

Eu deveria fazer 'aprendizado passivo'?

OK, então nós demos um aprendizado 'passivo' um pouco de dificuldade. Mas isso significa que nunca há um lugar para isso?

Você deveria simplesmente mudar seu comportamento e se tornar um aluno 'ativo', tentando se tornar um atleta olímpico de aprendizado de idiomas?

Bem, se fosse assim t√£o f√°cil. Estudos sugerem que cerca de 60% dos alunos s√£o 'passivos' , apenas 10% s√£o 'ativos' e os 30% restantes s√£o 'bloqueados'.

Mas se você realmente quer melhorar o seu inglês, seja porque você tem um objetivo específico em mente ou quer apenas parecer mais fluente, não tem outra opção a não ser mudar o equilíbrio das atividades de aprendizado de passivo para ativo tanto quanto você puder.

Isso não significa que todas as suas atividades de aprendizado de inglês devem ser 'ativas' e que você nunca deve realizar nenhuma atividade passiva apenas porque está tentando aprender inglês o mais rápido e eficaz possível.

Atividades de aprendizado passivo têm algumas vantagens inerentes.

  1. Eles podem ser mais divertidos

A menos que você seja particularmente masoquista, nem sempre precisa se esforçar para realizar atividades difíceis.

Todo mundo merece algum tempo de inatividade, e fazer algo como colocar um filme em inglês no final de um longo dia, bem, do ponto de vista do aprendizado de inglês, é melhor do que colocar um filme na sua língua materna.

  1. Você pode fazer outras coisas ao mesmo tempo

Nem todo mundo tem tempo para dedicar horas a atividades ativas de aprendizado de inglês. Embora você possa ouvir podcasts ativamente ( como este guia indica ), nem todos têm tempo todos os dias para fazer isso.

Uma das principais vantagens dos podcasts em ingl√™s √© que voc√™ pode ouvi-los enquanto faz outra coisa . Seja dirigindo, sentado no √īnibus ou metr√ī, correndo ou em casa fazendo coisas sobre a casa, os podcasts em ingl√™s permitem que voc√™ aprenda (passivamente) enquanto faz algo que faria de qualquer maneira. Vantajoso para as duas partes.

O erro que você não deve cometer é pensar que as atividades de aprendizado de idiomas passivas e ativas têm o mesmo valor.

Voc√™ realmente acha que assistir a um v√≠deo do YouTube de algu√©m falando em ingl√™s enquanto voc√™ estiver no √īnibus pela manh√£ ajudar√° voc√™ a gastar o mesmo tempo em conversas reais com um falante nativo ou ouvindo 'ativamente' para um podcast?

Claro que não. As duas atividades não são iguais, e se você acha que pode realmente melhorar gastando seu tempo em atividades puramente passivas, está se enganando.

Existem in√ļmeros estudos que a multitarefa simplesmente n√£o funciona (veja aqui , aqui e aqui ). Seja em um ambiente de trabalho ou em um ambiente de estudo, se voc√™ quiser realmente ser eficiente em uma tarefa, concentre 100% de sua energia nela, n√£o tente fazer outra coisa ao mesmo tempo.

Isso significa que ter um vídeo do YouTube em segundo plano ou ouvir um podcast em inglês enquanto estiver na esteira simplesmente não tem o mesmo valor que focar 100% na atividade.

O aprendizado eficaz de idiomas simplesmente n√£o acontece passivamente.

Mas e os bebês, eles não absorvem a linguagem passivamente?

Este é um equívoco comum.

As pessoas assumem que os bebês apenas aprendem a língua naturalmente, estando em um ambiente de fala inglesa com os pais que falam inglês, eles apenas a absorvem e se tornam fluentes através de uma espécie de osmose.

Nada poderia estar mais errado.

Os bebês são os principais aprendizes de idiomas ativos. Olhe para um bebê quando ele tiver apenas alguns meses.

O mundo inteiro é novo para eles, eles não têm idéia de nada.

E assim eles est√£o em um estado intermin√°vel de curiosidade, tentando entender como as coisas funcionam, tentando entender o que as palavras significam.

aprenda inglês com bebês
Um exemplo de um ótimo aluno de idiomas

Não, é claro que eles não estão mantendo um livro de vocabulário de novas palavras ou transcrevendo o podcast Aprendendo Inglês para Mentes Curiosas .

Mas os beb√™s n√£o fazem as coisas passivamente. Eles n√£o apenas deixam as informa√ß√Ķes ca√≠rem sobre eles e pensam que os absorver√£o de alguma forma.

Eles estão constantemente tentando novos sons, tentando novas palavras que aprendem. Eles cometem erros, é claro, são bebês, mas instintivamente eles sabem que é apenas tentando novas palavras e frases que eles realmente acertam.

Eles s√£o o oposto polar do aprendiz de linguagem passiva.

De fato, há uma quantidade enorme que podemos aprender com os bebês sobre como ser um bom aluno de idiomas.

Então, qual é a conclusão aqui?

√Č louco esperar aprender ingl√™s efetivamente atrav√©s de atividades de aprendizado passivo. √Č insano.

aprendizado de idioma ativo einstein
Esse cara sabe uma coisa ou duas sobre aprender

Albert Einstein afirmou que " a definição de insanidade está fazendo a mesma coisa repetidamente, mas esperando resultados diferentes ".

Portanto, para aqueles que lêem isso e que admitem ser aprendizes passivos de idiomas, lembre-se de continuar as atividades que estão realizando e esperando que o seu inglês melhore a uma velocidade diferente de antes, é insana, de acordo com um ganhador do Prêmio Nobel. .

A decisão de continuar fazendo isso é com você.

****

Se você gostaria de experimentar algumas atividades ativas de aprendizado, consulte Como usar podcasts para aprender inglês como um chefe . Então, deixe-nos saber como você se sai nos comentários.